terça-feira, 11 de novembro de 2014

Devocional - 10 de novembro

As pessoas choram por inúmeros motivos. As lágrimas sempre estiveram intimamente ligadas ao coração humano e pode expressar emoções tão antagônicas como alegria e pesar. No Antigo Testamento, as lágrimas eram, muitas vezes, uma expressão de remorso (Lm 2:18-19). Ester chorou com a alma atribulada por causa da situação do seu povo (Et 8:3). Ana derramou lágrimas de um coração angustiado e de uma alma amargurada (1Sm 1:8,10). Marta e Maria choraram a perda do irmão, Lázaro (Jo 11:31). A mulher pecadora aos pés de Jesus derramou lágrimas, não de remorso, nem de ansiedade ou pesar, mas de humildade, como uma resposta de gratidão pela misericórdia e amor de Deus para com ela (Lc 7:38-50). Todos nós enfrentaremos situações na vida que nos levarão as lágrimas. Nesses momentos, depressa devemos nos apegar à promessa de que virá o dia em que Deus "Enxugará dos olhos toda lágrima... não haverá luto, nem pranto". Até então, que nossas lágrimas sejam apenas de arrependimento, de adoração, de gratidão e de alegria (veja Sl 6:4-8; 126:5; 2Tm 1:3-5

Nenhum comentário:

Postar um comentário