sexta-feira, 4 de julho de 2014

Devocional - 4 de julho

Vamos fazer uma pergunta a nós mesmos: estamos simplesmente buscando ser “salvos”, ou buscamos ser como Jesus? Se nossa salvação não estiver focalizada sobre o objetivo de nos tornarmos semelhantes a Cristo, cairemos rapidamente em obras mortas e enganos vazios. Nossa salvação é uma pessoa: o Senhor Jesus Cristo! E é o fato de sermos moldados à sua imagem que nos salva e nos faz santos. Nossa experiência no cristianismo deve ir além de ser mais uma interpretação bíblica; deve se expandir até que nossa fé em Jesus e nosso amor por Ele se tornem um facho de luz que nos encaminhem à sua presença. Você compraria um carro sem dirigi-lo? Você compraria uma casa sem ver o seu aspecto? Claro que não! Apesar disso, muitos de nós aceitamos vários “planos de salvação” que não nos salvam realmente das aflições do inferno. Entretanto, não quero insinuar que, a menos que entendamos todas as doutrinas de forma correta e façamos todas as interpretações de forma perfeita, teremos a nossa entrada no céu recusada. Cristianismo é mais uma questão do coração do que mental; é mais o amadurecimento do amor do que conhecimento. Testar a verdade não é realizar uma busca intelectual, mas verificar se você está sendo atraído, semana após semana, a conhecer e amar a Jesus Cristo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário