segunda-feira, 26 de maio de 2014

Devocional - 25 de maio

Precisamos estar preparados para esperar o tempo de Deus. Deus tem seus tempos determinados. Não cabe a nós conhecê-los; na verdade, não podemos conhecê-los; precisamos esperar por eles. Se Deus tivesse dito a Abraão em Harã que ele precisaria esperar trinta anos até poder abraçar a criança prometida, seu ânimo teria desfalecido. Assim, com o desvelo do amor, Deus ocultou-lhe a longura dos anos exaustivos, e só quando já estavam prestes a acabar-se e havia apenas alguns meses a esperar, é que Deus lhe falou: "... Daqui a um ano, neste mesmo tempo, voltarei a ti, e Sara terá um filho." (Gn 18:14). Finalmente chegou o tempo determinado; e então o riso que encheu o lar do patriarca fez o idoso casal se esquecer da longa vigília. Aquele que espera no Senhor, anime-se, pois espera por Alguém que não o pode desapontar; e que não se atrasará cinco minutos do momento determinado; mais um pouco, e sua tristeza será transformada em alegria. Não compete a nós passageiros, nos preocuparmos com o mapa e a bússola. Deixemos o hábil piloto cuidar do seu próprio trabalho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário