quarta-feira, 14 de maio de 2014

Devocional - 14 de maio

A MENTE: UM CAMPO DE BATALHA.
As escrituras explicam que antes de um indivíduo ser salvo, " tem a sua mente cega no entendimento das coisas de Deus pelo deus deste século, para que não lhes resplandeça a luz do evangelho da glória de Cristo, o qual é a imagem de Deus"(2Co 4:4). Quando Satanás aprisiona a mente de alguém esta endurece. O homem como filho da ira, segue os desejos do corpo e da mente e, por isso é estranho e inimigo no entendimento, porque a mente que se inclina para a carne é inimiga de Deus (Rm 8:7, 2Co 3:14, Ef 2:3, Cl 1:21).
Contudo, mesmo depois do arrependimento, a mente do cristão não fica totalmente liberta do toque de Satanás. Paulo escrevendo aos crentes de Corinto declarou: "Mas receio que, assim como a serpente enganou a Eva com a sua astúcia, assim também seja corrompida a vossa mente e se aparte da simplicidade e pureza devidas a Cristo" 2Co 11:3
O Apóstolo reconhece que, assim como o deus deste mundo cega a mente dos não crentes, também engana os que crêem. Embora sejam salvos, sua vida mental não renovada pela Palavra de Deus, continua sendo um estratégico campo de batalha. (2Co 10:3-5, Rm 12:2).
Aquele que crê não deve ser moldado pelas pressões do mundo pecaminoso, mas ser transformado, adotando uma nova maneira de pensar, possível apenas pelo estudo persistente da Palavra de Deus e pelo poder do Espírito Santo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário