quarta-feira, 30 de abril de 2014

Devocional - 30 de abril

Em Números capítulo 22 lemos a história de Balaão. Ele era um profissional competente em invocar o mundo espiritual para beneficiar ou prejudicar os seus alvos. Ao que parece, funcionava, o que lhe permitia cobrar altos preços aos que contratavam seus serviços. Ao ser contratado por Baraque, ele se reporta ao "Deus vivo", a quem ele conhece de forma confusa, para obter orientação. Deus lhe proíbe de aceitar o serviço pois suas vítimas seriam o próprio povo de Deus. Ele obedece, mas logo depois se vê tentado a desobedecer pois o cliente lhe aumentou a oferta. Depois de tentar negociar com Deus, o Senhor permiti-lhe que vá, mas para que ele aprenda no que dá ser teimoso. No decorrer da história Deus usa um burro para falar com ele. A história termina de forma drástica. (Leia o texto). As conclusões tiradas deste texto são: 1- Pedir instruções a Deus é justo e correto. 2- Deus é Senhor e não negociante. 3-Querer ser mais esperto que Deus é dar vexame até na frente de um burrico. Agora falta aplicar a lição na prática, mas isso é com você.

Nenhum comentário:

Postar um comentário