sábado, 8 de março de 2014

O Desafio de Amar - 6º Dia

Como filhos de Deus temos o direito de nos irarmos contra a injustiça. Mesmo assim, a moderação é indispensável, pois quando a ira é conservada na alma ela é transformada em ódio, rancor e amargura, o que resulta em prejuízos pessoais e coletivos (Hb 12:15b). Quem não gasta tempo para refletir antes de reagir, pode gastar tempo para lamentar depois (Ef 4:31). O orgulho é o principal combustível da ira e a humildade é como um extintor que pode evitar explosões. Por isso Jesus insiste conosco para aprendermos com Ele a sermos mansos e humildes de coração (Mt 5:5; 11:19).

Nenhum comentário:

Postar um comentário